BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Quase um Fado



Trouxeste flores nos teus dedos
E maresias no olhar.
Na pele mapas e rotas
E nos cabelos o mar

Nas ondas largaste sonhos
Num veleiro a imensidão
Numa praia dunas de espuma
Nos rochedos a solidão

Vieste e não ficaste
Como as vagas na baía
Nesta maré de desejos
Nem a saudade cabia

Preciso romper estas rimas
E agarrar-te junto ao peito
Dizer-te do meu amor
Nestas palavras sem jeito

36 Gotas de Chuva:

the reason is you disse...

Ah Fadista!!
Muito bom.

Beijinhos

sonhos disse...

E dizes mt bem,as palavras ao amor.

Beijinhos

Anja Rakas disse...

Quase...um extase de palavras.
Adorei...como sempre!
beijos beijos beijos

Marta disse...

As palavras ficam na memória das ondas...
Quem sabe não vão desembarcar noutro porto, noutro amor???
Lindo como sempre...
Beijos e abraços
Marta

paula barros disse...

Que maravilha. Uma declaração linda e compreensível.

amei!!!

beijos

Menina disse...

Bonitas palavras =)

beijinho*

Maria disse...

No amor até as "palavras sem jeito" soam como as mais bonitas...
Muito bonito, o teu quase fado...

Beijo

Jade disse...

O destino não deixa
a ela ficar,
mas o navegar perpetua-lhe
a ela amar...
:)
É muito bom voltar aqui!

Um beijo

Sol da meia noite disse...

Entre a chegada e a partida...
A vontade de amar...
Que perdurou...
Envolta em saudade...

Beijinho, deixo *

Angel disse...

Muito Bonito...é sempre um gosto aqui espreitar...boa tarde cheia de Sonhos..

gotadevidro disse...

As palavras de amor são sempre bem ditas desde que que sejam cantadas ou versejadas com o sentir , que é o caso.

Belo

Obrigada pela visita

beijo

Juani lopes disse...

yo creo que si es un fado
saluditos

Coragem disse...

E que belo fado daria :)

O fado é triste, por isso existe...

Beijinho

Maripa disse...

São as palavras do teu jeito de amar, palavras sempre lindas e sentidas ... e sempre com o mar dentro...

Beijo com muito carinho.

JOICE WORM disse...

Eu sou a décima quinta gota de chuva. Espero que já esteja com o coração inundado de carinho...
Muac!

Simone disse...

Lindo poema!!!

Bjos em teu coração

Carla disse...

mais do que fado...as palavras t~em uma melodia muito especial...intimista e com aroma a maresia...falat apenas colá-las ao peito
lindo, como sempre ou não estivesse banhado com as águas do mar
beijos e boa semana

eu disse...

Como parece uma fatalidade, todos nos imputam uma alma de fadista, uns mais que outros é certo, mas este poema estou certo é um magnifico fado, que deve ser escutado em silêncio e com muito respeito.
Excelente.

Pearl disse...

fado ou não o poema está lindissimo...

:o)))***

Bichinho disse...

Lindo! Beijo fantasma

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi.

Palavras são sem jeito?
Que nada!
Belíssima declaração de amor.

Boa terça para você.

Beijos mil! :-)

f@ disse...

os sonhos na crista das ondas ... o melhor lugar para os deixar a dar voar...
beijinhos das nuvens

mundo azul disse...

...palavras sem jeito?
São versos lindos!

Adorei o seu poema...


Beijos de luz e o meu sincero carinho!

Marta Vasil disse...

Sem jeito fico eu ao ler esta dança de palavras que aqueceriam muito a voz de um fadista.

Beijos

MV

andorinha disse...

Fado ou destino, palavras que trazem a poesia do amor.
Um beijo.

lara disse...

Gostei da poesia, e do blog também. vou voltar por aqui.

Lara Costa
http://pintandoasunhas.zip.net/

FLOR disse...

Olá boa noite, vim te dizer que tenho um selinho para vc lá,vá buscar....
Beijos

Cris disse...

O amor perfeito é a mais bela das frustrações, pois está acima do que se pode exprimir, bem como este lindo texto, Parabéns!!!

Bjs

pin gente disse...

não me prendas os sonhos. deixa-me voar! os meus abraços não podem ter dono. tenho que dar-me ao sabor do vento. quero viver todos os amores. e aceitarei todas as flores. não vim para ficar pois não o sei fazer! se me agarrares com força, vou morrer. a saudade não entra no meu peito. senão meu coração andaria desfeito. quero ser livre de chegar e de partir!


gostei imenso do teu fado... como gosto sempre do que escreves.
beijo, r
luísa

Ana Martins disse...

"...Preciso romper estas rimas
E agarrar-te junto ao peito
Dizer-te do meu amor
Nestas palavras sem jeito "

Lindissimo, soberbamente belo!!!

Beijinhos

Maria Valadas disse...

Venho descobrir um mar de pérolas, feitas palavras.

Obrigada pela tua visita...oferecendo-me a oportunidade de descobrir tão boa poetisa.

Beijinhos.

Justine disse...

Fresca e cristalina a tua poesia, ondulante e a cheirar a maresia.
(O aspecto gráfico do blog é muito convidativo...)
Voltarei:))

Serenidade disse...

Simplesmente fantástico,
uma leitura que me prendeu o olhar ao ecran do início ao fim, sempre com vontade de saber o que viria a seguir.
Adorei, adorei e adorei. Vou voltar e adicionar esta página ao meu blog (espero poder)

Serenos sorrisos

Desnuda disse...

Que maravilha! Fechaste com chave de ouro este belo poema! Arrebatou-me o coração...


Grande beijo

Mié disse...

eu vim nas asas de uma ilha...

_e leio-te

em

belo poema de amor.


deixo

semeados

beijos de flores

Xinha disse...

Palavras sem jeito ?
Onde? Eu não as vi ... ;)

Falas do amor com linguagem tão bela ...

5*****

Xi-coração