BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Vazio



Vazio.
É como está, hoje, o meu mar.
Nem as ondas caminham para a praia
Deixando a areia órfã de afagos e murmúrios…

Vazio.
È como vejo este barco onde navego.
Nem as brisas me indicam o Norte
Deixando o destino despido de esperança…

Hoje estou vazio de mim!

35 Gotas de Chuva:

Marta disse...

Só por um momento...
Depois as ondas começam a bater na praia e a contar histórias que tranquilizam....
A alma....
Lindo o texto como sempre....
Beijos e abraços
Marta

BIA disse...

É quando se chega a esse estado, que nos permitimos "encher"....

Abraço

BIA

Anja Rakas disse...

Vazio?
Permites que eu preencha por segundos esse teu vazio?
Como leves sussurros nos pedacinhos do teu coração?
Permites que eu roube de ti esse vazio e te encha de conforto e afagos suaves e doces?
Permites que espante teu vazio com minha imensidão?
Espero resposta.

Bjs angelicais

Anja Rakas disse...

Gosto deles...devagar...e molhados
;)
Gosto deles com sabor a mel...
Gosto deles com sentimento...
Gosto deles com telequinesia...
Gosto deles do fundo das entranhas...
Gosto deles sinceros, puros e cheios de adrenalina.

É fácil...gosto deles...simples!

Bjs angelicais

NAELA disse...

No vazio do teu sentir, as ondas caminham ao encontro do mar num abraço sentido!
Belo poema, profundo como sempre;)
Beijo terno

Som do Silêncio disse...

Não...não estás!
Quanto mais não seja, estás com o teu sentir em pleno, para nos deixares estas palavras tão belas e tão sentidas...

Não estás só...
Sente-nos!

Beijo

Mulher na Janela disse...

as ondas de teu mar me chegaram suaves na Janela em que aportou!

espero mais visitas!

abraços...

Iara

Cláudia Magalhães disse...

Lindas poesias... Lindo o teu espaço! Parabéns! Voltarei, sempre! Abraços.

JOICE WORM disse...

Que pena... Apesar de lindo o poema.
Adoro quando leio uma descrição em narrativa ou poesia, e consiga ver o cenário...
Vejo a areia orfã dos afagos da onda do mar, mas também vejo que ficou na areia o brilho de uma areia húmida (em português) e conchas belíssimas como presente...
E imagino a mim, ou a quem está lendo, não conseguir ver o Norte porque tem a cabeça baixa...
E assim, vou criando uma história.
Adorei!!!!!

Lídia disse...

... penso que os momentos de vazio antecipam sempre a subida de mais um degrau. Obrigada pela visita. Voltarei. Bj

EU disse...

Vazio, só é quem não tem Alma!
Aqui vejo uma Alma forte e capaz !

Todos temos dias vazios, mas a brisa do mar traz a força para os preencher!

Um beijo enorme

helena disse...

Amanhã é outro dia...
Parece que já tens candidatas para preencher esse vazio!
Felicidades.
Bjx

Xinha disse...

Juntos, navegaremos nesse mar que é a amizade...
Suavemente, ao sabor das ondas...

Eu estou sempre pertinho... serei a estrelinha que brilha quando olha o céu... ou a espuma branca quanto olha o mar... Serei a Lua que lhe protege durante a noite ou o sol que lhe aquece os dias...

Tanto pessimismo, não é costume! Tem muita gente... e nenhum motivo para se sentir só! :)


Xi-coração

tempoparaamar disse...

Vazio acho que não pois muito aqui disse.Baeijinho e bom fim de semana.Salomé

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Ai ai... este tempo já não se aguenta...


mas nada de ficar vazio!!!!!!!!


beijocas

Inês disse...

oi
lindo poema.
eu percebo, não te preocupes que esse vazio ira passar rapidamente.
pelo menos espero que sim
xau

Maripa disse...

Não, foi só uma onda mais forte que te quis assustar...
Há marés assim,tu sabes.
Mas,já já, vem aquela onda baixinha que te vai afagar e preencher esse vazio em ti.

Beijo carinhoso,sim?

brisa de palavras disse...

Vazia é como me sinto hoje...
um abraço
origada pela visita
um abraço
brisa de palavras

Gerlane disse...

Mas, é bem próprio do mar, da natureza, a inconstância em seus movimentos. Nada é permanente. Portanto, tranqüilize-se, dias melhores virão!

Beijos pra ti!

Layla Lauar disse...

Se realmente estivesse vazio, iria tentar te preencher... mas nunca está vazio onde transborda poesia.

Belo poema, como todos que você compõe.

beijos com carinho.

instantes e momentos disse...

belo blog. parabens muito bem escrito, bonito de ler.

Menina do Rio disse...

Por vezes este vazio é só o tempo de uma pausa, um remanso...

Um beijo

Desnuda disse...

Fico assim, às vezes...Linda poesia. Amanhã é outro dia e te desejo um ótimo fim de semana.

Beijo

Odilon disse...

Obrigado pelas visita e pelas palavras. E que o vazio sirva de partida para o novo.

Menina da lua disse...

Como todos se sentem, às vezes...

Abraço

Incombustible disse...

Difícil decidir cuál de todos tus poemas me gustan más (de verdad, estoy pensando seriamente estudiar portugués, para perderme a gusto en tus palabras).

Decirte que, mi corazón, está con la amiga a la que le prestaste el poema. A tí, mi admiración por la empatía y la nobleza.

Beijos mexicamos

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Olha tenho novo link para o blog... embora seja quase igual
http://coisasquevoam.blogspot.com/

beijinhos

daniel disse...

Mau!... Outras marés virão, pooesia mais suave ditarão!...
Daniel

sonhos disse...

Com um poema assim a vazio preenche quem o escreveu e quem o leu, lindo.

Bjs

Cinthia disse...

obrigada pela visita
esse textinho é da sua autoria?
post peeerfeitéérrimo..

amei seu blog
muito criativo

beijo 'só eu' huahauha

Cinthia disse...

ah..vou linkar-te pra nãoi esquecer de voltar aki

Carol disse...

Estou vazia hj tb...

Linda a sua poesia!

Bj

pin gente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pin gente disse...

sopra uma leve brisa que me afaga os cabelos
ou serão as tuas mãos que o revolvem lentamente
sem aviso o barco navega em alto mar, serenamente
como se os momentos tivessem passado completamente cheios
e nós, olhos nos olhos, nem conseguimos vê-los


abraço

Reticências disse...

Encontrei nas suas palavras as que descrevem também o vazio que sinto em mim.

Gostei muito do blog.
não conhecia mas vou voltar