BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 1 de julho de 2008

Cai a noite...



Cai a noite.

E com ela as estrelas numa dança de brilhos e clarões.
A lua, por entre as nuvens, inicia o despir do dia, sensualmente.

Os murmúrios do vento acendem desejos,
Carícias sobre a pele, caminhos de lábios no teu corpo.

As sombras vestem-se de nudez cobrindo o céu em tons violeta,
Escondendo as horas que inventei só para nós.

E assim, parados na noite, deslizamos sobre a areia
Em direcção ao mar, refugio do nosso amor!

25 Gotas de Chuva:

Secreta disse...

Cai a noite e chega a magia que envolve o amor.
Beijito.

Anja Rakas disse...

Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

Pablo Neruda

Bjs angelicais

Marta disse...

Mas as horas são sempre só nossas...
Nada deve interferir nelas...apenas a magia de amar...
Beijos e abraços
Marta

titofarpas disse...

Está muito bom...
Parabéns pelo blog
Felicidades

mariam disse...

sensual e elegante, assim vejo este Seu belo poema...

boa semana

um sorriso :)

Humana disse...

Poema lindo e apaixonante referindo a lua que tanto me seduz!
Beijinhos cheios de estrelas...

Carla disse...

o mar...refúgio do verbo amar!

Miriam disse...

Poeta do Mar

O cheiro da maresia ronda suas palavras e nos fazem viajar em cada uma delas...lindo

Bjuss de carinho

Nadja disse...

Adorei esta parte:''Os murmúrios do vento acendem desejos,
Carícias sobre a pele, caminhos de lábios no teu corpo''...Genial!Parabéns! bjoss

Incombustible disse...

¡Qué bonito! ¿Me das permiso para citarlo en una de mis entradas?

Gracias, nuevamente, por pasar por mi blog. Como veo que te gustó el fragmento de la canción de Mexicanto, te dejo la canción completa 8que puedes escuchar en el youtube, si te apetece)

Me Basta (David Filio)

Me basta el sol
Si en tu mirada
Se refleja y viene a mi,
Me basta el día
Si es contigo y soy feliz.

Me basta el silencio
Cuando es tuyo y significa comprensión,
Me basto yo
Si tu me quieres como soy.

Me basta tu paso
Si el camino es de los dos,
Me basta tu tiempo
Y en esta espera no hay dolor

Me basta tu vuelo
Para llegar hasta el cielo
Y si no llego no me importa
Pues lo llevo en mi interior.

Desde que te basto yo.

Gerlane disse...

Essa mistura de elementos da natureza e sensualidade fizeram de teu poema uma bela composição.

Beijos pra ti!

Dois Rios disse...

Belas palavras! Quer coisa melhor do que horas inventadas a dois? Idescritível!
Beijos,

camila disse...

"O sol veio avisar que de noite ele seria a lua... para pode iluminar
Mila
O céu
E o mar!"
O Teatro Mágico

Adoro isso!
Seu poema é lindo

helena disse...

O meu tecto são as estrelas!
A lua nem sempre aparece para me visitar... mesmo sem a sua presença adoro a noite.

Mais uma vez um poema cheio de imagens para dar mais luz ao cair da noite.
Bjx soprados do alto da colina e longe do mar

sonhos disse...

Escondendo as horas que inventei só para nós.

Lindo poema sem duvida.

Bjs

EU disse...

lindooooooooooo!

Com o mar vem a energia positiva e com ele mais força para amar.

Xinha disse...

Que belo cair da noite.... huummm... que aconchegante refugio, por entre as ondas suaves do mar, que nos envolvem num abraço bem apertado ...

Meu querido amigo, é espantosa a forma poética e solta com que escreve ...

Xi-coração

Nanda Assis. disse...

apesar de preferir o dia, nunca ouvi a noite ser tão bem homenagiada...
estou encantada com este poema.
bjos...

Borboleta disse...

Não há nada mais romantico que o cair da noite, conjugado com a lua e o mar!

Lindo...mais uma vez...excelente!

Beijinhos

Ju disse...

que poema lindo!
a beleza da noite é realmente exitante.
bjs

JOICE WORM disse...

Um poema delicioso...

Maripa disse...

Caída a noite,tudo o que a envolve convida a amar...e,se há o mar, a lua ,magia e desejo...acende-se a paixão!

Beijo carinhoso.

Anja Rakas disse...

Humm...bom receber um comentário logo pela manha.
Adoro quando meu corpo me surpreende, quando me apanha de surpresa.
E meu corpo adora que eu o trate, que o dê presentinhos em forma de orgasmos físicos e intelectuais, de prazeres da carne e da psique.

Bjs quando cair a noite.

instantes e momentos disse...

passando outra vez por aqui,gosto de te ler.
Maurizio

Jade disse...

À noite,
na areia
ao pé do mar
os momentos são nossos!
:)