BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 8 de julho de 2008

Desejo



Inventei uma hora em que o tempo não passa.
Comprei uma baía turquesa para a pintar de azul.
Tirei dos bolsos umas tantas estrelas e pendurei-as nos olhos.
Pedi ao vento uma brisa do cheiro dos teus cabelos, castanhos de tão soltos.
Rasguei do mapa os destinos do meu olhar para que só tu existas.
Mudei o tom do por do sol para que só realce os teus contornos.
Vesti-te de nudez para que as palavras se fizessem versos a cantar tanta beleza.
Peguei-te ao colo para embalar a paixão.

E, por fim, amei-te até que as ondas deixassem de banhar a praia…

29 Gotas de Chuva:

Sha disse...

Belíssimo o teu desejo...

Marta disse...

E que o desejo se cumpra e a praia...um universo, um mundo onde o amor vive verdadeiramente...
Adorei cada palavra...
Beijos e abraços
Marta

Inês disse...

sim senhora
cada vez estes textos me surpreendem mais.
parabéns
xau..

Cláudia Pinho disse...

que texto mais doce. amei.
beijo

helena disse...

Olá Só Eu,

pintas com palavras as mais belas paisagens! Algo que eu jamais ousaria fazer...
Mas, por favor, deixa a baía turquesa, o mundo não pode ser todo azul!
As estrelas, as estrelas amarelas que penduraste nos olhos vão transformar esse azul num verde cheio de luz!

Bjx verde água

sonhos disse...

Inspiração para pintares de cores tantos sentires,rasgas-te o mapa dos destinos, pois quem o faz és tu.

Bjs

Glaucia disse...

Vim conhecer teu espaço e agradecer sua delicadeza no comentário, sei tb que vou conseguir cumprir com o que prometi.
Grande abraço e um beijo
Glaucia

Pecadormeconfesso disse...

Gostava de ter escrito isto.

Maria disse...

É muito bonito...
É muita bonita a última frase... as ondas nunca deixam de banhar a praia...

:)))

Lunna Montez'zinny disse...

O nome me trouxe aqui e eu me vi surpresa com suas palavras. Que deliciosa descoberta para uma noite como está.
Grazie pela possibilidade e que seu desejo se cumpra. Abraços meus...

Refúgios disse...

Lindo a forma como escreves estes sentimentos... Bjinhos

Clecia disse...

Que talento para escrever! Amei! Bjos!

EU disse...

Não tenho palavras para descrever a emoção de ler o que escreveu !
5 *****
bj

Xinha disse...

Amor eterno ... porque as ondas nunca deixaram de banhar as praias ...

Pode inventar uma hora dessas, para mim também ?! ;)

Lindoo.

Xi-coração

instantes e momentos disse...

muito bom teu modo de dizer, teu jeito gostoso de escrever. gosto muito daqui.
Parabens

Anja Rakas disse...

Simplesmente Lindo.
Adorei estas palavras...senti-as bem perto de mim...como se fosse para mim (secretamente desejando).
Identifiquei-me com as ondas, com o sol, com o destino e com o cheiro dos cabelos meus que são castanhos.
Mas...tristemente não senti o abraço...não senti os braços rodeando minha cintura e acariciando meus pequenos pêlos.
Só posso sentir na escrita, na energia, na tecnologia...enquanto não inventarem forma de ser real na calçada da esquina da minha mansão.

Beijos angelicais

O Sussurrar do Corpo disse...

Adorei...um sussurro.

She follows her dreams disse...

Quem me dera um desejo igual ao teu. Lindo texto, como sempre.

Não me queres dizer como te chamas, amigo? (:

Beijinho

She follows her dreams disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
paula disse...

Aqui existe pura poesia ...
Que surpresa boa chegar aqui .
Beijos . Vou voltar com certeza .
Paula

Maripa disse...

o teu mar de desejos é sempre tão fundo e tão lindo e tão terno.
Amo navegar neste mar e aportar na tua praia.

Beijo carinhoso.

Anja Rakas disse...

Voltei cá.
Não consegui fugir de tanto sentimento, de tanta força cósmica de emoções.
"A felicidade às vezes é uma bênção, mas geralmente é uma conquista."
Paulo Coelho

Bjs angelicais

ONDINHAS disse...

sentimento muito bem expressado nestas palavras!

beijinho

Carla disse...

mais do que uma hora...inventaste as palavras para (re)construir a ideia do que é o amor!
beijos encantados

Dois Rios disse...

É o desejo em seu estado bruto... terra e água.
Bj.

Anja Rakas disse...

Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

Pablo Neruda

mariam disse...

quanta beleza nesse "desejo"...

hoje pintou os sentidos.

muito bonito.

bom fim-de-semana
um sorriso :)

MIMO-TE disse...

Belo, sensivel e sensual...

Bjos de mim

pin gente disse...

que sedutoras palavras as tuas