BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Palavras



Não sei se é deste céu
Ou se será deste gelo
Que sinto a alma fria por dentro.
Nem as palavras se aquecem nos fogachos destes versos...

Palavras, dizes tu...

Enfeito os sentidos de luz,
A paixão de auroras,
A noite de mil sóis
E as nuvens de estrelas.

Resisto, digo eu...

Devolves os sentidos com o breu,
A paixão com ocasos,
A noite sem a lua
E o céu claro de cinzento.

Que frio se sente na pele por dentro desta Manhã de Inverno...

16 Gotas de Chuva:

Angel disse...

Olá Só eu...passo só para deixar um Sorriso...para tentar aquecer um bocadinho...=)..uma tarde cheia de Sonhos...

Deusa Odoyá disse...

oi meu novo e estimad migo.

Que lindas imagens nos passa seu blog.
Vaijei nesse cenáario.
Vamos nos aquecer nesse inverno e por mais sol em sua vida.
beijos e voltarei sempre.
Te aguardo no cantinho da deusaodoya.

Regina Coeli.

Laura Antunes disse...

Agradeço desde já o elogio e a tua visita.
Sentir é o que nos torna mais vivos, mais presentes e tu sentes...assim espero que a tua pele volte a sentir uma Manhã de Verão...
Beijo Laura

Nadja Reis disse...

Tocante esse poema!Mas olha,a poesia está aí para isso,para nos aquecer,para ser sol de nossas noites frias e sós,a poesia é o lado contrário da tristeza! bjosss

f@ disse...

E "calor" da luz que emana das "palavras" deste poema... mto bonito beijinhos das nuvens

fadazul disse...

Blog lindíssimo! palavras "desenhadas pelo poeta, adoro tudo aqui, bjks

Clecia disse...

Olá! Mais um belo poema! Tens realmente habilidade com as palavras! :) BJos!

Júnior Creed disse...

a primeira brisa de ineverno tb anda a me visitar por aqui, junto com o frio, vem um gosto de saudade... de tudo que se perde. adorei seu blog, de verdade!

Ariana disse...

Belo poema!
Gostei!


Obrigada pela visita em meu blog!
Volte sempre (tem post novo)

Beijo*

Xinha disse...

Olá, amigo Só Eu ...

Lindo o teu poema... para não variar!

consegues sempre captar a minha atenção desde a 1ª à última palavra!

Ainda bem que veio este sol... vai ajudar-te a aquecer a alma....

Xi-coração

anamorgana disse...

Olá, obrigado por as suas palavras no meu blog.
Sinto esse frio na minha alma, ainda que o sol aquece. Gostei tornarei por aqui.
anamorgana

NAELA disse...

Só eu...belo poema e excelente imagem que retrata tao bem o teu sentir!
Palavras que navegam ao encontro da alma esquecida, chove ca dentro mas deixa entrar o meu Sol para que sintas a luz e o calor dos sentimentos!
Beijo doce

Marta disse...

As palavras enfeitam sempre uma manhã de Inverno...
Aquelas que parecem estar ocultas no olhar, mas que são mais verdadeiras...Porque as sentimos...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

mateo disse...

Não nos bastam as palavras...
Abraço.

Dois Rios disse...

... e amar é um eterno resistir.

p.s. cheguei aqui de clique em clique e gostei do que vi... vou voltar.

bjs,

kakauzinha disse...

Hoje frios de azuis... amanhã cores quentes de ocaso...

Beijo (*)