BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 3 de junho de 2008

Obrigado



Nas minhas mãos, nada.!

Abria-as na esperança que delas saísse uma corrente de versos, uma maré, um vento que empurrasse as velas do meu veleiro até ao infinito... Mas,

Nas minhas mãos, nada!

Depois, um dia, não muito distante, voltei a abri-las. Estendi-as ao longo duma praia, por entre raios de esperança, e deixei-me ficar. Dormi. E não sonhei!

Acordei ao som dum canto de sereia e das minhas mãos, de tanta luz, esvoaçou uma borboleta que se perdeu no horizonte.

Obrigado pela luz, pelo sonho que não tive, pela borboleta, pelo horizonte...


Dedicado a todos que me visitaram, que me trouxeram luz com as cores dum imenso mar!

18 Gotas de Chuva:

Azul disse...

Das tuas mãos saem belos poemas... em tons de Azul.

Bj

Azul

mundo a fora disse...

encantador

bjos

helena disse...

É sempre um prazer fazer-te uma visita.
Sem luz não há cores... cores frescas como a tua manhã, mas também cores quentes como as cores do por-do-sol no teu oceano... ou das areias escaldantes numa tarde de Verão... as cores da colina!
Mas aí vai mais um endereço azul:
http://novomarazul.blogspot.com/
Espero que gostes.
Beijinhos

kakauzinha disse...

Ah, que delícia! És uma doçura!

Deixo-te uma onda do meu mar algarvio salpicada de beijinhos azuis****

MirMorena disse...

Com "Imagens e Sentimentos" - em azul - deixo-te um grande beijo de carinho...

Seja sempre muito feliz e voe....

Menina do Rio disse...

Viajei no teu veleiro
por mares e rios da vida
mergulhei em recifes de corais
mas não sou a sereia que cantou pra ti.
Porque o canto da sereia encanta os marinheiros chamando pra morte e eu canto pela vida esvoaçando nas asas da borboleta...

Um beijo

http://meninamomentos.blogspot.com

Som do Silêncio disse...

Uma delícias as tuas meigas palavras!

Beijo terno

Marta disse...

Lindo poema azul...
Palavras suaves e doces....
Beijos e abraços
Marta

Xinha disse...

Olá !

Desengana-te... das tuas mãos saem lindas palavras soltas, que quando se juntam formam estes poemas que me encantam...


Xi-coração

Filipe Garcia disse...

Que bonito isso: a esperança brota dentro de nossas mãos. Nada mais confortável de se ler.

Um beijo.

Humana disse...

Das tuas mãos saiem poemas maravilhosos!Sinto-me muito bem quando entro aqui no teu mundo azul.Muito sentimento e beleza...
Beijinhos meu querido.

NAELA disse...

E no infinito deste mar azul,as tuas palavras navegam ao sabor do vento que dedica em cada um de nos algo sublime e profundo!
Um beijo imenso

pin gente disse...

bonitas palavras nas mãos
obrigada pelo pedacinho de obrigado que me cabe.
abraço
luísa

Ultra Violet disse...

Adorei o poema e as gotinhas brilhantes de chuva!

Seja bem vindo aos meus multiversos. Fique a vontade!


Bjs.

Duarte disse...

Uma relação perfeita imagem texto.
Bonito

A tua narrativa é límpida,
cativa, prende.
Das tuas mãos sai muito.
Não só borboletas,
actuam, escrevendo
mensagem saída da mente.
Chegou a mim,
mãos hábeis as tuas.

helena disse...

Boa noite, anjo azul

Amanhã é 5 de Junho não te esuqeças!
Vamos todos proteger o verde...

Beijos ecológicos

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi. De tuas mãos saem borboletas e escreves palavras tão belas quanto elas. Adorei.
Adorei também a visita que fez ao meu blog. Obrigada!
Volte lá outras vezes, pois eu vou voltar aqui. :-)

Tenha uma semana maravilhosa!

Beijos mil! :-)

Clecia disse...

OI, amigo! Fiquei muito contente com a sua visita no Meu Mar Azul!Que bom que você gostou do meu cantinho. Saiba que curti muito o teu espaço também. Amei os poemas, as imagens, tudo. Vou te linkar, ok? Um abraço e tudo de bom!