BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Baía do teu corpo



De terra chega um cheiro quente...
Recolho as velas dentro do meu peito e
Lanço a ancora, em forma de sonho, até ao fundo desse mar.

Onde estás que te vejo a cor?
Onde estás que te sinto a brisa?

Encosto-te de encontro à alma e bebo dos teus lábios água doce
Levo-te nos meus braços feitos remos contra as marés
Aporto em ti qual baía e assim, deixo-me ficar!

34 Gotas de Chuva:

Pipinha disse...

Olá bom dia, obrigada pela visita e pelo miminho. Vim retribuir a visita e também gostei do que vi, vou voltar ;)
Boa semaninha com muita paz, amor e alegria no coração.
Beijinhos

Gerlane disse...

Recanto sublime este: a baía no corpo de alguém em que se possa aportar e ficar.
Derramaste um mar de ternura em teu poema.

Beijos pra ti!

Anja Rakas disse...

Interessante...
"Lanço a ancora, em forma de sonho, até ao fundo desse mar." - ESPECTACULAR...

Xinha disse...

Huumm... que bom que é, termos assim um tão delicioso porto de abrigo !!

Mais, um belissimo poema.


Xi-coração

NAELA disse...

O recanto da tua alma veste este mar de sentimentos, onde es o porto seguro do meu desejo enaltecido!
Excelente;)

Carolina Sperb disse...

não precisamos ver, mas sentimos. temos corações sensíveis que aperta e nos dá vida. que faz o sangue quente passear pelas veias. é bom encontrar um corpo cheio de carinho e ternura para aportar.
adorei o poema. gostoso de ler.
obrigada pela visita e pelos elogios.
virei mais vezes! ;)

beijos

Xinha disse...

Não se importe com possiveis erros. Eu entendo as suas palavras.
Preocupe-se com o que a noite, lhe anda a causar.. ela deve ser bem acordada.

Tenha leves pensamentos.


Xi-coração

JOICE WORM disse...

(Espanha), Só eu... Só a foto diz tudo. Palavras para que, quando o amor conta a história, viram gotas de orvalho e só alcança o corpo de quem já o experimentou...
Maravilha de poema!

Minina disse...

é bom se experimentar "em busca de", independente do que se queira alcançar.

e melhor ainda é conseguir o q se quis.

é vida, viver, sentir-se pulsar.


bjoca,

té!

Paloma disse...

Um sonho que te prende ao chão, encontro de águas, doces, salgadas, gosto de beijo que chega e quer ficar. Bonitas imagens.
Obrigada pela presença constante e pelas leituras atentas das minhas tramas.
Abraço carinhoso.

MirMorena disse...

Que sonho...
Que abrigo...

Lindoooo

Bjuss de carinho e feliz semana

Márcia(clarinha) disse...

Que lhe seja um porto seguro abrigo de sonhos e amores...
dias lindos flor
beijos

Menina disse...

Vim agradecer a visita no meu cantinho e dizer que também gostei do blog =) Vou passar a acompanhar..

bjs*

Camilla Tebet disse...

Que bom é aportar assim, e deixar-se ficar. É o poder de entrega que garante o amor com cheiro quente, não é? Só assim para vencer marés...
Obrigado pela visita. Virei sempre aqui também.

Dois Rios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Nada que chegue a um porto seguro. Onde estamos em casa e no conforto do mar imenso que pode ser o amar... não o amor .
beijo

Dois Rios disse...

Deixar-me ficar na beleza do teu poema, numa tarde fria e chuvosa no Rio de Janeiro do meu Brasil, a fim de aquecer a minha alma com as tuas belas palavras de sentir.

Obrigada pelo carinho da tua visita. E já que carinho é moeda de troca, aqui estou para dar-te o que eu recebi.

Um grande beijo,

Marta disse...

Não há razões para partir...
Tempo para amarrar as velas e usufruir da paz e da paixão...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

sonhos disse...

Os sonhos é o que nos faz lutar a cada momento. Lindo

Bjs

fadazul disse...

Quanta paz!!!!!!!!
misturada em tantas entre linhas!!!
belo poema, muito belo, bjks

SAM disse...

Lindos versos que nos levam a doces sonhos.

"Recolho as velas dentro do meu peito e
Lanço a ancora, em forma de sonho, até ao fundo desse mar."

Lindo!

Beijos e obrigada pela visita.

Clecia disse...

Lindos versos!Bjos e uma ótima semana!

Toninho Moura disse...

Mas, em breve, voltarás a navegar!

Menina da lua disse...

Poesia no meu fim de noite... é bom!

Bjinho

helena disse...

Só mesmo tu...

Bjx coloridos

Humana disse...

Que lindo poema e quanta honra!
Só o facto de ser uma Baía já me diz tanto, quando me lembra Luanda e tudo o que ela me transmite de boas lembranças e tanto amor...
Sentir o meu corpo encostado à tua alma é um privilégio!
Beijos doces

Layla Lauar disse...

Poeta..belíssimo o teu poema, minha ultima leitura da msdrugada, vou dormir embalada pela musicalidade das tuas palavras.

um beijo de admiração

anamorgana disse...

Olá, que lindo poema, que ternura.
É un prazer pasar por aqui. Beijos
anamorgana

Diva disse...

:o)
Um abrigo assim...sublime.
Bjs meus

Anja Rakas disse...

As tuas palavras tem sabor a vento, a vento adocicado com cerejas virgens e desprovidas de nódoas negras.
Encontro-te as 19.13, num bar à meia-luz, à beira-mar.
Bjs melosos

She follows her dreams disse...

Lindo texto amigo (:
*

Carla disse...

fabuloso ver a cor de alguém é quase como lhe espreitar a alma!
beijos

kakauzinha disse...

E és um poeta de peito imenso, albergando uma infinda baía de inspiração.

Beijo azul(*)

Jade disse...

Mais uma vez a tua simplicidade encanta-me!
Ao ler sinto uma tranquilidade que me invade...
:)
Um beijo