BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Um novo Mar



Fiz-te mar de vagas novas
Sem praias para repousar.
É nessa maré que renovas
Que eu queria navegar.

Beber dos teus lábios águas
Nas tuas mãos repousar,
No teu corpo curar mágoas
Descansar no teu olhar.

E assim como quem quer
Sonhar ficando acordado
Nesse corpo de mulher
Quero ficar agarrado.

6 Gotas de Chuva:

Ana disse...

Se dúvidas restassem, estas quadras confirmavam-no. És um verdadeiro Poeta!

.l disse...

parecem trovas de uma outra época...

Sandra disse...

Presojá estás ao amor por essa mulher...

Ana disse...

Fantástico Ricardo.... quando se escrevem poemas com imagens acredita que é verdadeira arte.......... deixo-te um endereço de um site onde tenho o meu portefólio fotográfico e onde as tuas fotos ficariam tb fabulosas.http://www.reflexosonline.com/reflexos.php?gp_utilizador=11294

Parole disse...

Lindo demais esse poema, Ricardo.

Um amor calmo como esse mar... quem não quer?

Ótima semana.Bjs

Graça Pires disse...

Um poema para cantar...
Um beijo.