BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Ao menos, tu!


Em silêncio, com olhos de madrugada, olhavas o mar,
E do teu olhar corriam versos enfeitados de marés.

Ao longe, onde o dia nasce por cansaço duma lua que inventei,
Surgem ilhas onde a ondas se espreguiçam entre espumas e penedos.

Embalado no meu barco, troco o sono pelo sonho, e assim desperto
Imagino-te uma praia, feita altar, onde vou chegar, de manhãzinha,
Para aí repousar o meu corpo sedento de alvoradas.

E vejo-te, em silêncio, com olhos de madrugada, a tecer os lençóis
Onde o amor se deita ao acordar da minha ausência.

Ao menos isto…

Ao menos tu!

28 Gotas de Chuva:

disse...

Oi amigo!
Maravilha como sempre!
Ah! a proxima vez que visitar meu blog, visita tambem o meu novo!
bjt*

Marta disse...

A certeza da paixão....no azul....
Apesar da ausência....
Obrigada pela visita..
Beijos e abraços
Marta

Coragem disse...

A menos, estas palavras, sempre de uma beleza, que me envolvem, e admiro cada vez mais, quem as esreve e sente.

Um beijo

JOICE WORM disse...

"Onde o amor se deita a acordar a minha ausência"... Adorei esta frase. Me senti embalada.

© Piedade Araújo Sol disse...

muito bonito, as frases tão poéticas....

a foto muito condizente...

beij

Vanessa. disse...

Sempre tão bonitas as palavrinhas por aqui :''

Carla disse...

que doce embalo...estas palavras
beijos

sonhos disse...

É sempre bom te ler

Beijinho

f@ disse...

os olhos da madrugada acordam o mundo...
beijinhos das nuvens

Maripa disse...

Tão lindo, tão azul, tão mar...

E embalado,trocando o sono pelo sonho, despertas para um olhar onde correm versos enfeitados de marés.

Beijo carinhoso.

Soraia Barbosa disse...

Olá!
Como vai?

Muito obrigada pelas felicitações de aniversário e sou grata pela visita "Ao Coração"!

Forte abraço

Francisco Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog e de sua abordagem.

Parabéns!

Um abraço

fatima pb disse...

Gostei muito!
Parabéns...

Ana disse...

Bonito poema! Como sempre!

bjs

Clecia disse...

Lindo, lindo! Desculpe-me a demora em voltar aqui. Estava doente estes dias e por isso não deu para visitar os amigos. :) Espero que tenha um ótimo fim de semana!

O Sussurrar do Corpo disse...

...ao menos Tu...
Um sussurro.

Dalaila disse...

e nesse ao menos, estás tu todo

Trapezista disse...

Palavras belas as tuas!...cheias de sentires, trazidos pela maré do coração.
Deposito um beijinho meu... a boiar, na imensidão deste teu mar

Trapezista

Xinha disse...

Romantismo é algo que não falta neste poema... com cheiro a mar....
Lindo !!

xi-coração

pin gente disse...

é o meu colo que para ti tenho. as minhas mãos sussuram-te ao ouvido palavras com cheiro a maresia. apenas porque te tocam. apenas porque tu me ouves. me lês a ponta dos dedos nos afagos. se sonhares comigo acredita que existo. viva. espero-te na nossa praia quando o sol se espreguiçar no horizonte. ele que estica os braços sobre as águas. num tal abraço de terei de ti de madrugada.



beijo
luísa

mundo azul disse...

...simplesmente lindo!!!
Palavras tecidas com a ternura de um coração apaixonado...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

instantes e momentos disse...

voltando ao teu blog, gosto daqui.
Maurizio

FLOR disse...

Oi passei aqui para te deixar mil beijos!

Lídia disse...

... tão calmo, com a voz do mar de fundo.

Anja Rakas disse...

Ao menos tu acordas para o amanhecer da minha ausência.
Bjs

FLOR disse...

Bom dia!
Hj passei aqui para deixar uma pequena msg!
___________________________________
O amigo é o milagre do calor humano
que Deus opera no coração.
Desejo à voce, a metade
da felicidade do mundo!
Pois a outra metade já
é minha, por ter
você aqui no meu mundinho!
Obrigada,e tenha uma linda semana...
Beijos

Sara V. disse...

Ainda bem que me descobriste para eu descobrir o Só Eu:)
Que palavras deliciosas... E é tão bom trocar o sono pelo sonho, não é?!
Vou, sem duvida, linkar estes versos que têm tudo a ver comigo...
Parabéns

Sara

P.S. - O poema da Marta está lindíssimo. Já vi que "qualidade" é requisito obrigatório, hehe!

Pati disse...

Lindo blog,lindos versos! Beijuss!

"Hoje, confesso, acordei com vontade de ser feliz.
Amarrei, até, no pulso o amor-perfeito
que foi secando no meu peito e retomei a velha máxima:
não deixar que qualquer angústia atinja o coração.
Um castelo de areia, é tudo quanto quero
para acostar o meu barco de papel."

( Graça Pires )