BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Parti! (ou Para ti!)


Parti.
Não levo olhos no vento nem sorrisos na maré
Não levo braços nas ondas nem farois no nevoeiro.
Parti.
Não levo sonhos de espuma nem desejos de aportar
Não levo no corpo a alma nem o tempo de dormir.
Parti de mim e deixei-me naufrago duma recordação!

7 Gotas de Chuva:

Maria disse...

Regressarás a ti. Na maré cheia da tua recordação.

Beijinho, Ricardo.

Sue disse...

Por vezes precisamos partir...
Por vezes precisamos regressar...
Bjs!

EU disse...

"Parti"...Despojado de tudo o que te é intrínseco, logo metaforizado...Já o "parti de mim" induz a uma desistência...Há dias assim!
Profundo!
Bjinho :)

Isis disse...

É bom partir de vez em quando...Faz bem ao espírito.

teresalmeida9@gmail.com disse...

A força de partir de mim...
Vejo-te a ressurgir do naufrágio e a apanhar a energia de novas vagas...

Um tema muito interessante e bem explorado. Uma ideia sempre à espreita.
Parabéns Ricardo. Beijinhos

Graça Pires disse...

Fazer das recordações um cais de chegadas e partidas...
Beijos.

Menina Marota disse...

Mas a maré traz o que leva...

... e há sempre alguém que te espera.