BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Novembro



Novembro! Pois é Pai. Estamos de novo em Novembro.

Que frio é este mês...

Tão frio que até as lágrimas se transformam em espuma gelada dum mar sem praias.

Tão frio é este mês...

Tão frio que até os meus dedos secam versos sem palavras dentro...

Novembro! Pois é Pai...


Queria inventar outro Novembro. Um em que não existisse dia 13, ou 14. Um em que as praias fossem sempre foz de rios carregados de poemas. Um em que o cheiro a flores e chuva fosse substituído por maresias e risos de ondas a rebentar nas pedras.


Um dia Novembro será assim e tu, Pai, serás mãos e penas, cais e ancora, amarra e mansidão. Vai ser assim. Vais ver...

Um beijo, Pai


7 Gotas de Chuva:

Li disse...

Como uma oração... lindo!
Parabéns!
Li

Teresa disse...

Simplesmente Lindo. Deixaste-me sem palavras Ricas. Beijos.
Tareja

Graça Pires disse...

Extremamente belo e comovente.
Beijos.

Filipe disse...

E ainda dizem que ninguem vive para sempre. O teu pai, meu avô tem o prazer de ser eterno! Vive dentro de ti e fez de ti o incrível pai que és!
Um beijinho enorme do caçula!

Benó disse...

Certamente que o pai agradece as lindas palavras do filho. Eu também gostei.

Benó disse...

Certamente que o pai agradece as lindas palavras do filho. Eu também gostei.

Aquarela disse...

Sim... os nossos pais serão sempre ancoras na nossa vida!! e ficam para sempre ancorados em nossos orações!

UM 2011 FELIZ!
ABRAÇO